Os recrutadores sabem que existe?

Os recrutadores sabem que existe?

 

OS RECRUTADORES SABEM QUE EXISTE?

Numa altura em que mais uma vez as sombras do desemprego e da precariedade laboral abatem-se sobre muitos profissionais dos mais variados sectores económicos, é ainda mais importante trabalhar a sua visibilidade e a sua proposta de valor na mais importante rede social para profissionais no planeta que é o LinkedIn. E apenas fazer likes e partilhar posts simplesmente já não é suficiente. Aliás nunca foi!

Os resultados só aparecem se as nossas acções forem consistentes”, é um velho cliché que eu uso muito nas sessões de Executive Placement, mas no qual acredito piamente e que no LinkedIn ainda faz mais sentido.

A primeira pergunta que temos de colocar é: O que pretendo fazer com o meu perfil?

Depois de perceber o que pretendemos, vamos fazer um plano de acção. E o que é um plano de acção? Nada mais do que um guia em que damos prioridade às iniciativas mais importantes para cumprir determinados objetivos e metas. Por isso a nossa presença no LinkedIn deve estar intimamente ligada aos nossos objectivos e metas, tendo por base esse plano de acção.

Vamos dar o exemplo de alguém que procura uma recolocação no mercado de trabalho.

  • O seu perfil LinkedIn é quase uma cópia do seu CV? Não deveria! porque o LinkedIn é muito mais flexível e por isso deve ser mais conciso e ajustado ao seu propósito e à sua proposta de valor, que também devem estar claramente visíveis.
  • Tem perfil há mais de 10 anos e ainda não chegou a 1000 conexões? Então comece a construir a sua rede de contactos com critério. Nunca se esqueça de seguir as páginas das empresas ou instituições em que tem interesse e enviar convites para os profissionais que lá colaboram. E não se esqueça, um convite personalizado causa sempre uma boa primeira impressão e aumentará as possibilidades de ser aceite.
  • Apenas faz parte de alguns Grupos e não participa muito neles? Faça-se membro daqueles que se situam no seu sector profissional ou nos sectores a que quer chegar e partilhe/publique conteúdos regularmente para ganhar visibilidade.
  • Não tem recomendações de antigos ou actuais colegas/chefes? Nem de clientes ou fornecedores? Então não perca mais tempo. Peça e faça igualmente recomendações. Os recrutadores espreitam sempre esse campo do LinkedIn quando procuram candidatos.
  • Nunca publicou um único artigo ou outra peça da sua autoria? Sim, é verdade! Dá algum trabalho! Mas tente! Algo genuinamente nosso aumenta a nossa visibilidade na rede e se for bom ou útil será certamente partilhado.
  • Nunca deu os parabéns às suas conexões no LinkedIn, mas faz isso sempre no Facebook? Então comece também a fazê-lo no LinkedIn. Mas evite as mensagens pré-feitas. Personalize-as e verá que terá quase de certeza uma resposta de agradecimento.
  • Tem medo de fazer convites para os profissionais de recrutamento das empresas e headhunters? Não tenha medo! Eles irão agradecer-lhe!
  • Esconde os seus contactos no LinkedIn? É sempre uma decisão pessoal e muitas pessoas não querem partilhar os seus endereços electrónicos ou números de telefone. É compreensível! Mas se quer ser contactado antes que os outros, então o melhor é fazer por isso!

Agora defina o seu plano de acção e comece a usar o LinkedIn consistentemente como mais uma ferramenta para atingir os seus objectivos e metas. Se começar hoje talvez já amanhã tenha boas notícias!

Vítor Carmona
Business Manager da Header | Top Executive Hunters

 

UMA NOVA EMPRESA DE EXECUTIVE SEARCH EM PORTUGAL

X